Bolsonaro pode influenciar na construção do Terceiro Templo, dizem rabinos de Israel

A eleição do novo presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, pode abrir caminho para a futura construção do Terceiro Templo, de acordo com a visão de alguns rabinos israelenses.

Uma só morte! – Um encontro inevitável!

Todo o homem tem o direito de questionar ou duvidar de temas religiosos, assim como de qualquer outro assunto. Entretanto, o homem não pode contestar um fato: um dia ele morrerá. Seria tolice questionar isto.

Livros com dois mil anos seriam a mais antiga referência a Jesus

Um compêndio de 70 livros considerados como as menções mais antigas a Jesus Cristo foram encontrados na Jordânia, em 2008, pelo beduíno israelense Hassan Saeda. Feitos de chumbo, os tabletes são presos por anéis, formando um único volume. Contudo, esse material causou divisão entre os estudiosos.

Terceiro Templo em Jerusalém a vista?

Ministro israelense planeja a construção do terceiro templo de Jerusalém em meio aos conflitos. Inclusive assinou um decreto onde proibiu as autoridades judaicas de frequentarem o Monte do Templo para evitar mais conflitos.

Judeus avançam nos preparativos para construção do Terceiro Templo em Jerusalém

O grupo de judeus ortodoxos que vem se empenhando para erguer o Terceiro Templo há 27 anos anunciou que os preparativos dos objetos ritualísticos estão em fase avançada.

Líder supremo do Irã pede que mundo muçulmano se una para destruir Israel

Embora ignorado pela grande mídia, seus discursos continuam passando a mesma mensagem de sempre. Em sua aparição pública mais recente, no sábado (18), ele fez um discurso inflamado na comemoração do fim do Ramadã, período mais sagrado do calendário religioso muçulmano.

Israel: muito mais que 67 anos de história

Séculos vêm e vão. Povos florescem, alcançam seu apogeu, envelhecem e desaparecem. Mas existência de Israel é um fenômeno singular, racionalmente incompreensível, uma prova da existência de Deus. Ao longo de quase seis mil anos de história, esse povo não foi atingido pela lei da mortalidade dos povos. Israel teve a sua origem nos patriarcas Abraão, Isaque, Jacó e José, que se estabelecem inicialmente em Canaã — hoje, Palestina — e, depois, emigraram ao Egito por causa da fome.

A dispersão judaica

Um conteúdo rico em informação sobre a cidade mais amada da terra: Jerusalém!
Acesse e confira. Mesmo que tudo parece está destruído e arruinada a esperança, das cinzas, o Senhor Deus, levanta o caído e reconstrói o que antes fora devastado! A resistência de um povo elegido pelo próprio Deus, subsiste até hoje. E segundo a Bíblia, é em Jerusalém, que Jesus Cristo firmará o Seu Trono para governar o mundo nos mil anos! Glória a Deus! Não perca essa incrível informação! Que o Senhor nos edifique cada fez mais! Fiquem na Santa Paz de Nosso Jesus Cristo!!Amém!
“Dispersão” (no grego, diáspora) foi o termo usado para se referir aos judeus que viviam fora da Palestina. Depois da desastrosa Guerra Judaica de 66-73 d.C e da destruição do Templo pelos romanos em 70 d.C, grandes levas de judeus deixaram a sua pátria e foram, principalmente, na direção Leste, rumo à Mesopotâmia.

Hamas, Israel e Brasil

Tenho acompanhado o que se escreve e se fala sobre o embate entre Israel e o Hamas, e percebo muito nitidamente que a maior parte é devida a um anti-americanismo travestido de anti-sionismo. Por que digo isto? Porque é absolutamente claro o fato de que 99% dos “analistas”, entre eles até professors doutores que se dizem “especialistas”, não conhecem absolutamente nada sobre a realidade histórica, política e cultural daquela região.

Número recorde de judeus convertidos a Jesus em Israel

O aumento significativo no número de cristãos é mais um dos sinais de que a volta do Senhor Jesus está muito próxima. Existem várias profecias bíblicas que nos mostram isso, mesmo antes da primeira vinda do Messias (Senhor Jesus). Nesse link, você terá acesso a um comentário inédito, disponível apenas no Evangelismo.blog.br. O Senhor Jesus é fiel.

Ministro diz que Israel não mudará status religioso do Monte do Templo

Jerusalém, 12 nov (EFE).- O ex-chefe do serviço secreto e ministro de Ciência e Tecnologia de Israel, Yacov Pery, disse nesta quarta-feira que o governo não tem intenção de alterar o status quo religioso de Jerusalém e ressaltou que as visitas de judeus ao Monte do Templo ocorrem desde 1967.

União Europeia pressiona Israel para dividir Jerusalém

A chefe da diplomacia europeia havia pedido no dia 7, durante sua visita a Jerusalém, a retomada urgente das negociações de paz. Seu discurso enfático não foi bem recebido pelas autoridades israelense, por causa da nova onda de conflitos que o país tem enfrentado.