No tempo e no lugar de Deus

Como seres humanos que somos, estamos inseparavelmente submetidos às limitações do espaço e do tempo, por isso devemos considerá-lo quando vamos até a presença de Deus para cultuá-lo.

Uns aos outros

A expressão UNS AOS OUTROS é um pronome recíproco plural que, no NT grego, aparece 24 vezes somente nas cartas paulinas. Para ajudar na compreensão do significado e da força do termo original, veja aí um resumo das instruções apostólicas:

Conhece-te a ti mesmo

Ao trazer este tema para o contexto da celebração cristã, Paulo estava dizendo compreender que embora a Ceia seja um momento gregário, daí ser comunhão e requerer comunidade, ela, como toda a celebração, adoração e culto público pressupõe que antes deve haver a experiência do quarto fechado. Assim, hoje, quando trago os elementos para a Mesa do Senhor na comunhão da igreja devo primeiramente já ter comungado como Pai que vê em secreto.

O Profeta João Batista.

Naquele tempo João Batista foi para o deserto da Judéia e começou a pregar, dizendo: – Arrependam-se dos seus pecados porque o Reino do Céu está perto! A respeito de João, o profeta Isaías tinha escrito o seguinte: “Alguém está gritando no deserto: Preparem o caminho para o Senhor passar! Abram estradas retas para ele!” João Batista usava uma roupa feita de pêlos de camelo e um cinto de couro e comia gafanhotos e mel do mato. Os moradores de Jerusalém, da região da Judéia e de todos os lugares em volta do rio Jordão iam ouvi-lo. Eles confessavam os seus pecados, e João os batizava no rio Jordão.

Cultuando com trajes santos

O tributo de adoração ao Senhor tem que ser revestido de caráter de santidade que aponte para a glória de Deus. Ou seja: Todo o nosso comportamento – inclusive a roupa que colocamos para vir adorar – deve fazer de nós verdadeiros adoradores e levar as pessoas que conosco estão a se voltarem ao próprio Cristo em glorificação.

Adão e Eva.

Deus criou um jardim Chamado Éden, e no meio deste jardim, ficava a árvore da vida e também a arvore do conhecimento do bem e do mal. Então, Deus pôs o homem no Jardim do Éden, para cuidar dele e nele plantações fazer. E o Senhor deu ao homem a ordem seguinte: Você Pode comer frutas de qualquer árvore do jardim, menos da árvore que dá o conhecimento do bem e do mal, não coma uma fruta dessa árvore; pois, no dia em que dela comer, certamente morrerá. Um dia, uma serpente apareceu e começou a conversar com Eva. Ela perguntou à mulher: – É verdade que Deus mandou que vocês não comessem frutas de nenhuma árvore do jardim?

Intimidade

Quando olho para o tema da intimidade à luz da Bíblia meus olhos são levados a instrução de Cristo: entra no teu quarto … É a experiência do quarto fechado, como costumo chamar, que me dá toda a relevância do conceito de intimidade no âmbito de minha vivência cristã.

O Batismo de Jesus.

A boa notícia que fala a respeito de Jesus Cristo, Filho de Deus, começou a ser dada com o profeta Isaías. Ele escreveu o seguinte: “Deus disse: Eu enviarei o meu mensageiro adiante de você para preparar o seu caminho.” E o profeta escreveu também: “Alguém está gritando no deserto: Preparem o caminho para o Senhor passar! Abram estradas retas para ele!” E foi assim que João Batista apareceu no deserto, batizando o povo e anunciando esta mensagem:” Arrependam-se dos seus pecados e sejam batizados, que Deus perdoará vocês.” Muitos moradores da região da Judéia e da cidade de Jerusalém iam ouvir João.

Por que eu erro

Sozinho nada posso fazer e por isto mesmo só me manterei com servo leal a Cristo se depositar toda a minha confiança do poder absoluto do Senhor. O crente só se mantém firme quando conhece em sua própria vida o poder de Deus. É na convivência e na experimentação deste poder na vida cotidiana que poderei seguir os passos do Senhor sem tropeços nem erros.

Abraão e o Chamado de Deus.

Certo dia o Senhor Deus disse a Abrão (o seu nome não tinha ainda sido mudado para Abraão):

– Saia da sua terra, do meio dos seus parentes e da casa do seu pai e vá para uma terra que eu te mostrarei. Os seus descendentes vão formar uma grande nação. Eu o abençoarei, o seu nome será famoso, e você será uma bênção para os outros.

O Pequeno Rei Joás.

A Bíblia conta a história de um rei que começou o seu reinado quando ainda era uma criança. Você pode imaginar uma coisa dessas? Isso aconteceu com um menino chamado Joás. Ele começou a reinar em Judá com sete anos de idade e reinou durante 40 anos, contando sempre com a ajuda do sacerdote chamado Joiada. A história de Joás ficou marcada por causa do trabalho que ele realizou: consertou a casa de Deus (templo), pois estava tudo estragado. Você já deve ter visto alguma casa abandonada, não é? Era mais ou menos assim que estava a casa de Deus. Ela precisava de uma reforma.