O voto na Bíblia

Os exemplos de voto na Bíblia são sempre complicados. Como este tema é delicado, nem sempre os personagens bíblicos souberam adequadamente fazê-lo ou que tipo de expectativa gerar a partir dele. Sabemos, porém que o texto sagrado não esconde erros e falhas de seus herois

O que significa fazer um voto a Deus?

As leis sacrificiais geralmente traçam diretrizes para os votos. Os israelitas fizeram votos condicionados à concessão de seus pedidos por Deus. Assim, eles pagavam ou cumpriam as suas promessas ao Senhor; muitas vezes com o oferecimento de ofertas (Lv 7.16; 22.23).
No entanto, os votos podem ser mal-empregados. A própria lei adverte contra isso, assim como os ensinamentos de sabedoria e os livros dos profetas (Dt 23.21-23; Pv 20.25; Jr 44.25). Saul propunha-se tanto a fazer votos insensatos como a não cumpri-los (1Sm 14.24-28; 19.6). Votos por impulso podem não ser cumpridos, o que desperta a ira de Deus. Não fazer um voto é melhor do que fazer e não cumpri-lo (Ec 5.5). Jesus aconselha-nos a não fazer votos, mas simplesmente a manter nossa palavra (Mt 5.33-37).

Candidatos à Presidência querem conquistar o voto evangélico

O voto dos evangélicos deve ser disputado pelos candidatos à Presidência do Brasil, uma vez que este grupo representa 22% da população brasileira, segundo dados do Censo de 2010 divulgado pelo IBGE.

Dicas para você estudar a Bíblia

A pessoa resoluta para fazer um voto de estudar a Bíblia logo verá que cumprirá esse voto.
O estudo diário será fato singular e fará diferença em sua vida. Pouco a pouco o estudo vai se transformando em qualidades que você mesmo não perceberá até ter feito o estudo por muito tempo.