Esqueça o Passado

Nossa vida é marcada por fatos que aconteceram no nosso passado”, por grandes divisores de águas, por traumas, problemas e felicidades que surgiram ao longo dos anos. Algumas pessoas são profundamente marcadas por uma experiência traumática, outras são marcadas por uma briga entre amigos/ familiares ou um desemprego, outros são marcados por um momento de extrema tristeza pela perda de alguém ou por qualquer coisa que tenha acontecido em sua vida seja boa ou ruim.

E se eu não estiver com vontade de perdoar?

Perdão sempre foi assunto frequente na boca de Jesus. Em diversos de seus ensinos Ele trouxe aos seus discípulos ensinos que focavam na importância de se perdoar. Na parábola do credor incompassivo (Mt 18. 23-35), na oração do Pai nosso (Mt 6. 12, 14-15), em resposta a Pedro quando este queria saber quantas vezes deveria perdoar (Mt 18. 21-22), e, surpreendentemente

“CONTRA BLASFÊMIA NÃO HÁ PERDÃO” Comercial do energético RED BULL desrespeita a fé Cristã

Atualmente, a TV brasileira veicula um comercial do energético RED BULL

onde o Milagre de Jesus, “Andando sobre as Águas”, é tratado como uma “armação fraudulenta”.

Trata-se de uma animação onde Jesus, Pedro e outro homem estão em um barco a pescar. Jesus, demonstrando cansaço, sai do barco e começa a andar sobre as águas, quando é questionado por Pedro sobre como conseguia fazer aquilo. O amigo de Pedro, por sua vez se antecipa à resposta de Jesus e diz que ele consegue andar sobre as águas porque tomou Red Bull e o mesmo, conforme reza seu slogan, o daria “asas”. Jesus afirma que não é a bebida que o faz andar sobre as águas quando é, novamente, questionado pelo, então “amigo” de Pedro, se isso seria um milagre, porém, Jesus afirma não se tratar também de um milagre, mas sim de um ato de esperteza onde era necessário, somente, encontrar as pedras “corretas” para pisar e simular, assim, um “andar sobre as águas”.

Perdão e Graça [Clipe]

Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito. (Sl 34:18). Essa música compõe o CD Adorando em Casa – Vineyard Brasil, que vem com grandes sucessos do vineyard com versões pra cultos nos lares, assim como Quebrantado, hoje estou postanto Perdão e Graça que também é uma bela opção para aquela roda de amigos no parque com “um” ou “dois” violões. Deus Abençõe!

Aprendendo a perdoar, você é capaz ?

Quando perdoamos não apenas liberamos a outra pessoa, mas principalmente liberamos a nós mesmos. O sentimento de vingança, raiva, ódio é auto-destrutivo. É como tomar veneno e esperar o outro morrer.
Quem perdoa vive feliz. Não há como ser feliz sem perdoar. Temos expectativas altas sobre as pessoas e às vezes impomos coisas demais para amá-las e nos esquecemos que amamos estas pessoas independente do que seja, simplesmente amamos.

Cristina Rocha sbt “É meu irmão, mas eu o odeio!” programa exibido 27/09/2011

Me assustei ao ver no início do programa o tamanho do ódio de uma senhora contra sua própria irmã.
Então como escrevo aqui no EXCELÊNCIA GOSPEL quero compartilhar com os leitores e quero pedir à todos que assistam o video e vejam como é horrível esse sentimento de ódio!
Duas irmãs quase se atracaram no palco chingando e ofendendo uma à outra com palavras de puro ódio.

O que é ser santo? E santidade?

O termo santo é usado para identificar aqueles que foram bênçãos em suas épocas como Pedro, João e Paulo, mas nem sempre foi assim. Não entendeu? Clique aqui.

Sem perdão não existe amanhã

Alguém já disse que a família é o lugar dos maiores amores e dos maiores ódios. Compreensível: quem mais tem capacidade de amar, mais tem capacidade de ferir. A mão que afaga é aquela de quem ninguém se protege, e quando agride, causa dores na alma, pois toca o ponto mais profundo de nossas estruturas afetivas. Isso vale não apenas para a família nuclear: pais e filhos, mas também para as relações de amizade e parceria conjugal, por exemplo.

Nos Últimos Dias

Opinião, com base na Palavra de Deus, sobre as atitudes de cristãos que são a favor do homossexualismo e inclusive abrem igrejas que apoiam tais atitudes. O que a Bíblia tem a dizer sobre isso? Saiba mais neste artigo e neste blog.

Eu pequei, e agora?

Pois é, vez ou outra nós nos encontramos nessa triste situação. Pecamos, fazemos aquilo que desagrada a Deus e nos deparamos com um forte sentimento que parece corroer o nosso peito e que faz brotar questionamentos diversos: E agora? O que fazer? Parece que num momento estava perto de Deus e no momento seguinte me sinto longe de Deus?…