E se eu não estiver com vontade de perdoar?

Perdão sempre foi assunto frequente na boca de Jesus. Em diversos de seus ensinos Ele trouxe aos seus discípulos ensinos que focavam na importância de se perdoar. Na parábola do credor incompassivo (Mt 18. 23-35), na oração do Pai nosso (Mt 6. 12, 14-15), em resposta a Pedro quando este queria saber quantas vezes deveria perdoar (Mt 18. 21-22), e, surpreendentemente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *