Porque Deus não opera todos os milagres que peço?

Essa é uma pergunta que todos nós um dia fazemos a Deus, mas porque será que ele não opera os milagres que peço? Todos nós sabemos que ele tem todo o poder para fazer aquilo que pedimos a qualquer hora, mas porque será que não é assim? Alguns de nós, se não a maioria de nós, fomos ensinados que nós temos praticamente dois caminhos dentro da igreja, um Deus e um Botão! Um botão para apertar e um Deus para fazer, ou seja, sempre que preciso aperto o botão e logo vem o Deus da nossa projeção e “thann”, faz aquilo que pedimos! Mas não é assim!

DONS OU FRUNTOS ?

Dom ou fruto! O que é mais importante?

Para que essa pergunta seja respondida, é preciso primeiro que se entenda o significado de cada um.

Um dom está diretamente ligado a capacidade de fazer bem alguma coisa. Já o fruto está ligado a conduta, caráter, ao ser, ao invés de fazer.

Adoração Com Arte

O Ministério Vida Profética é um Site Blog de evangelização através da Internet, Papeis de Paredes que nos fazem refletirem sobre Deus, imagens lindas (Agora Com Peças Teatrais). Uma Vida Profética de verdade. Evangelizando com a Arte… Evangelizando com a Vida… Então IDE.

Anthony Hopkins fala sobre Encontrar Deus e Alcoolismo

O ator de 73 anos de idade, talvez tão famoso por seu retrato do serial killer canibal Hannibal Lecter, sentou-se com Piers Morgan, da CNN, para falar sobre sua carreira e sobre o dia em que decidiu acreditar em Deus.
Sem hesitar Morgan perguntou, “Você acredita em Deus?” Para que Hopkins respondeu: “Sim, eu creio. Eu creio”.

Você sabe como morreram os doze discípulos?

Uma das coisas que mais impressiona na vida dos apóstolos, são a confiança e principalmente a coragem de fazerem a vontade de Deus. A maioria das pessoas sabem que os apóstolos, foram martirizados e torturados por causa do nome de Jesus, mas você realmente sabe os detalhes dessas barbaridades ? Se não, nos acompanhe nessa viagem com um misto de alegria e tristeza!

O Meu Herói

O meu herói acalma tempestades com apenas um gesto
Ele cura doenças e ressuscita pessoas
Alimenta multidões
…com sabedoria
Meu herói expulsa demônios com apenas uma palavra (vão)
Meu herói vence na morte …e vence a própria morte
Ele é tão fantástico que dividiu a história da humanidade em duas partes (a.C. d.C.)

Missª. Sara Cavalcanti – (Downloads)

Sara Cavalcanti é membro da Assembléia de Deus em Bonsucesso, e têm Mestrado em Literatura Brasileira, Bacharel em Língua Hebraica e Literatura e em Língua e Literatura Brasileira, articulista do Jornal Mensageiro da Paz, consultora da CPAD Assuntos do Oriente Médio, professora de Antigo Testamento e Exegese Bíblica, coordena Missionária Uma base de restauração e hospedagem, em Niterói, chamada de Casa de Sarepta.

Deus nos livre de um Brasil evangélico

Começo este texto com uns 15 anos de atraso. Eu explico. Nos tempos em que outdoors eram permitidos em São Paulo, alguém pagou uma fortuna para espalhar vários deles, em avenidas, com a mensagem: “São Paulo é do Senhor Jesus. Povo de Deus, declare isso”.

O parquinho de Deus

Joevan Caitano

“Quando a gente conversa contando casos, besteiras. Tanta coisa em comum, deixando escapar segredos” (Cazuza).

Papai do céu, somos todos um bando de crianças brincando no parquinho onde você é o dono.

Sentimo-nos seguro porque você não dorme só para nos ver dormindo sobre a grama;

Você não dorme só pra ver a gente soltar pipa olhando o céu azul, obras das tuas mãos.

Você não dorme só para nos ver brincando na guerra de esconde – esconde, mesmo naquelas horas em que nos escondemos das artimanhas do capeta;

Você não dorme só para nos ver pegando aquelas ondas maravilhosas na praia e quando vem a onda do mal o teu Espírito Santo nos alerta dizendo: saí fora meu filhinho… O ministério espiritual adverte: esse caixote é prejudicial a você. E nós saímos correndo em fuga e quando chegamos na areia, você está lá de braços abertos para nos abraçar e nos dar segurança.

Você não dorme só para nos ver rabiscando papéis com pincel e cartolina tentando desenhar um retrato ou, uma caricatura da tua majestade, mas você entende e perdoa os nossos borrões.

Nós te agradecemos porque mesmo nas horas em que pecamos e erramos o alvo, e devido o nosso amadorismo decorrente da nossa fragilidade da visibilidade espiritual, acertamos a nota dó sustenido ao invés de dó, esbarramos em duas notas, os nossos erros machucam os teus ouvidos, desafinam a nossa relação criatura x criador mas, mesmo assim, você nos dá um montão de chances e você ainda fica torcendo pra gente acertar a nota certa, e quando acertamos, você bate palma e canta conosco até a última nota, o último acorde da canção.

Você se entristece vendo os adultos correndo iguais uns loucos atrás de riquezas materiais, muitas vezes numa disputa desumana. “As riquezas são como a água do mar, quanto mais você bebe, mais você fica com sede” dizia Arthur Schopenhauer, entretanto, quando nós ficamos salgados e estressados, você nos oferece a fonte de águas vivas, daí bebemos e paramos automaticamente de ter sede. Te agradecemos porque você é a fonte de todo o prazer, resta-nos, voltar a ser criança e curtir todas as delícias do melhor parque de diversões.

E o tempo passa arrastado, só pra ficarmos ao teu lado. Amém

fonte: Joe Black

Posts relacionados!

Posts relacionados!

O parquinho de Deus

Joevan Caitano

“Quando a gente conversa contando casos, besteiras. Tanta coisa em comum, deixando escapar segredos” (Cazuza).

Papai do céu, somos todos um bando de crianças brincando no parquinho onde você é o dono.

Sentimo-nos seguro porque você não dorme só para nos ver dormindo sobre a grama;

Você não dorme só pra ver a gente soltar pipa olhando o céu azul, obras das tuas mãos.

Você não dorme só para nos ver brincando na guerra de esconde – esconde, mesmo naquelas horas em que nos escondemos das artimanhas do capeta;

Você não dorme só para nos ver pegando aquelas ondas maravilhosas na praia e quando vem a onda do mal o teu Espírito Santo nos alerta dizendo: saí fora meu filhinho… O ministério espiritual adverte: esse caixote é prejudicial a você. E nós saímos correndo em fuga e quando chegamos na areia, você está lá de braços abertos para nos abraçar e nos dar segurança.

Você não dorme só para nos ver rabiscando papéis com pincel e cartolina tentando desenhar um retrato ou, uma caricatura da tua majestade, mas você entende e perdoa os nossos borrões.

Nós te agradecemos porque mesmo nas horas em que pecamos e erramos o alvo, e devido o nosso amadorismo decorrente da nossa fragilidade da visibilidade espiritual, acertamos a nota dó sustenido ao invés de dó, esbarramos em duas notas, os nossos erros machucam os teus ouvidos, desafinam a nossa relação criatura x criador mas, mesmo assim, você nos dá um montão de chances e você ainda fica torcendo pra gente acertar a nota certa, e quando acertamos, você bate palma e canta conosco até a última nota, o último acorde da canção.

Você se entristece vendo os adultos correndo iguais uns loucos atrás de riquezas materiais, muitas vezes numa disputa desumana. “As riquezas são como a água do mar, quanto mais você bebe, mais você fica com sede” dizia Arthur Schopenhauer, entretanto, quando nós ficamos salgados e estressados, você nos oferece a fonte de águas vivas, daí bebemos e paramos automaticamente de ter sede. Te agradecemos porque você é a fonte de todo o prazer, resta-nos, voltar a ser criança e curtir todas as delícias do melhor parque de diversões.

E o tempo passa arrastado, só pra ficarmos ao teu lado. Amém

fonte: Joe Black

Posts relacionados!

Posts relacionados!