Ministério da Saúde se Une a Entidades Religiosas em Combate à Dengue

Na tarde da última quinta-feira, o Ministro da Saúde Alexandre Padilha recebeu 107 líderes de 84 entidades religiosas de todo o país para unir forças no combate à dengue no Brasil.

Muçulmanos serão 2,2 bilhões no mundo em 2030, diz estudo

O número global de muçulmanos deve aumentar cerca de 35% nos próximos 20 anos, passando dos atuais 1,6 bilhões para 2,2 bilhões até 2030. As projeções são do instituto de pesquisas norte-americano Pew Research Center. Segundo relatório divulgado nesta quinta-feira,…

Igreja Presbiteriana do Brasil jogou a água e agora passa o rodo!

Depois que o supremo concilio da IPB determinou que a Universal, Mundial e Internacional, entre outros cassinos intergaláticos são seitas, não igrejas cristãs, a IPB começa a passar o rodo  na pajelança nacional que contamina a IPB, inclusive. Demorou. MUITO:
O uso da dança na liturgia do culto e a consagração de apóstolos estão proibidos na Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB). É o que decidiu o Supremo Concílio no final do ano de 2010.

As discussões giraram em torno do culto público e seus elementos. Os líderes debateram a celebração do culto de ação de graças nos cultos dominicais. “A decisão do Supremo Concílio foi não proibir as ações de graças como parte do culto no dia do Senhor, e que o culto deve ter Deus como centro. Ou seja, declarou que as ações de graças fazem parte do culto a Deus, como está na Confissão de Fé da IPB (Westminster) e que o culto não deve virar culto à personalidade, mas Deus é sempre o centro do mesmo”, divulgou o reverendo Augusto Nicodemos em seu blog.
A dança e a nomeação de apóstolos continua proibida. Segundo o Concílio Supremo, na Bíblia, a dança e a coreografia não fazem parte do culto público, por isso, devem ser excluídas da liturgia. Quanto aos apóstolos, a resposta foi de que só são reconhecidos como tais, os Doze Apóstolos de Jesus e Paulo.
Já os cultos de gratidão a Deus aos domingos a noite são permitidos. A decisão é de que todos os cultos devem ter Deus como o centro e que a gratidão a Ele deve estar sempre presente nos domingos.
Ainda foram discutidas questões acerca da comemoração do natal, de práticas neopuritanas e de cantatas com representações teatrais. Segundo o Supremo Concílio, é importante discutir tais detalhes por conta da invasão de novos elementos trazidos pelo neopentecostalismo.
Com informaões da ADIBERJ

Folha Renascer transmite XII Congresso de Louvor e Adoração

 
COMUNICAR ERRO
 

Assista ao vivo pela Folha Renascer
 
Mais uma vez a Folha Renascer consegue autorização da Rede Super e Diante do Trono para transmitir ao vivo o XII Congresso de Louvor e Adoração que ocorrerá dias 21 à 23 de abril na Igreja Batista da Lagoinha.
 
Este ano a novidade é a presença já confirmada do pastor Markku Koivisto da Finlándia.
 
Preletores:
Pra Ana Paula Valadão, Pastor arkku Koivisto, Helena Tannure, Pr Gustavo Bessa e…
– Folha Renascer Comunicações – www.folharenascer.co.cc

Conversão de uma muçulmana – PARTE III

Eu conheci um casal cristão e depois de contar para eles um pouco dos meus problemas, eles me convidaram para ir à igreja deles buscar ajuda. Eu fui, mas não me chamou a atenção. O pastor dessa igreja tinha muitos problemas também e estava se divorciando da esposa. Eu perdi o interesse em ir […]

Os Cristãos e o Dia de Oração para o Egito

No meio da intensificação da agitação civil e repressão do governo no Egito, dois grupos cristãos no Reino Unido planejam realizar um dia de oração interdenominacional para os crentes no país norte Africano.

Lutador da UFC Vitor Belfort Encontra Deus Através da Dor

Lutador do Ultimate Fighting Championship (Campeonato Combate Final-UFC), Vitor Belfort, compartilhou em um novo vídeo I Am Second que não foi dor física, mas o trauma emocional que o ajudou a encontrar Deus.

Grupo de direitos humanos critica tratamento de cristãos coptas

28/1/2011 – 14:30:00 – Egito(19º) – A base norte-americana de Observação dos Direitos Humanos (HRW, sigla em inglês) acusa o Egito de "grande discriminação" contra os cristãos e outras minorias religiosas, em seu relatório anual de 2010, divulgado na segunda-feira, dia 24 de janeiro. Eles também destacam a repressão de dissidentes políticos.

"Embora …

Quatro ataques contra cristãos no mesmo dia

28/1/2011 – 11:30:00 – Índia(32º) – Cristãos do estado de Karnataka , na Índia, foram alvo de ataques dos extremistas hindus durante todo o dia, domingo, 5 de dezembro. Em Kenger Upanagara, bairro pobre de Bangladore, cerca de 5 cristãos foram ameaçados e aterrorizados, quando sua igreja foi atacada por  extremistas.

No distrito de Shimoga, quatro cristãos foram arrancados de suas …

[Áudio] Nosso Cristianismo é Verdadeiro? – J. C. Ryle – (1816-1900)

Autenticidade
Prata de refugo.  Jeremias 6.30
Nada, senão folhas.      Marcos 11.13
Não amemos de palavra, nem de língua, mas de fato e de verdade. 1 João 3.18
Que tens nome de que vives e estás morto. Apocalipse 3.1
Se declaramos ser cristãos, procuremos ter certeza de que nosso cristianismo é verdadeiro. O cristianismo verdadeiro não é algo externo a nós mesmos ou temporário; é interno, firme, vivo e duradouro…

Mãe de quatro crianças é assassinada por causa de sua fé

28/1/2011 – 06:30:00 – Somália(5º) – A mãe de quatro crianças foi assassinada por causa de sua fé cristã, no dia 7 de janeiro, na periferia de Mogadíscio, Somália, por extremistas islâmicos da milícia de Al Shabaab, disse um parente da vítima.

O parente, que pediu para não ser identificado, disse que Asha Mberwa, 36, foi assassinada no vilarejo de Warbhigly: …

Sobre o aborto, a FIV e células tronco embrionárias

Sobre o aborto, a FIV e células tronco embrionárias

Dra. Angelica Boldt — exclusivo para o Blog Julio Severo
Você é contra o aborto? Usa o argumento de que a vida começa a  partir da fusão nuclear de óvulo e espermatozoide? Então, não pode ser a favor da fertilização in vitro (FIV), no molde como é praticada, na maioria das vezes, em um número crescente de clínicas de fertilidade. Com raras exceções, a FIV se baseia na superovulação materna e resulta na formação de um número maior de embriões do que o que pode ser implantado no útero materno. O que é feito dos embriões excedentes? São congelados para uso futuro, caso a primeira tentativa de implantação não tenha sucesso (o que, infelizmente, é muito comum). Já não é, digamos, muito cômoda a ideia de congelar os próprios filhos, não é? Mas o que fazer com filhos congelados que já não são mais destinados à gestação pelo casal responsável? Destruí-los? Entregá-los à pesquisa com células-tronco? Incinerá-los? A opção mais amena ainda seria ofertá-los a um casal infértil que não pode ter seus próprios embriões. (Nesse caso, é como entregá-los para adoção, e a possibilidade de encontrar um filho com metade da sua constituição genética chamando outras pessoas como pais não é tão remota assim).
O que fazer, então? O conselho que dou a todos os casais amigos que já se depararam com essa alternativa é: não o faça. Confie em Deus! Deixe-o trabalhar. A FIV gera expectativas imensas no casal, especialmente na mulher, e a frustração que se segue a um tratamento infrutífero é gigante e, muitas vezes, pesada demais. Durante o período em que trabalhava em meu doutorado, conheci uma doutoranda que se tornou uma das minhas melhores amigas na Alemanha. Eu a conheci em meio a um momento angustiante, em que ela e o marido haviam decidido optar pela FIV depois de uma gravidez ectópica que resultou na perda de uma das trompas. Embora a outra trompa estivesse íntegra e, portanto, uma gravidez continuasse viável, o médico recomendou a FIV. Pensei comigo: “não faça isso!”, mas o seu tratamento já estava em pleno andamento. Orei e o Senhor me respondeu: “Ela engravidará, mas não será por mãos de homens”.
Acompanhei todo o processo: os efeitos colaterais pela superdosagem hormonal, a alegre sensação de gravidez, seguida pela profunda frustração de uma nidação embrionária malsucedida. Choramos juntas. Contei a ela o que o Senhor havia-me dito e ela o recebeu dizendo: “A minha mãe diz a mesma coisa que você!” Entregamos o sonho de um filho aos pés do Senhor e poucos meses depois, ela estava grávida!
Ainda outro casal muito amigo nosso, que perdeu uma trompa por razão semelhante à anterior e apresentava a outra trompa definitivamente entupida, engravidou semanas depois de a médica recomendar-lhes a FIV.
Entregue a sua situação ao Senhor! Para Ele não há impossíveis. Poderia contar ainda casos e mais casos de tremenda graça e milagres nessa área, e todos, sem exceção, são os resultados da entrega incondicional do “sonho de um filho próprio”.
No entanto, também há casais que sinceramente oraram e ainda aguardam o cumprimento da sua promessa. Deus é o Autor da Vida. Ele a dá e Ele a tira, e tudo faz conforme a sua perfeita vontade. Se optar pela FIV, ao menos não gere embriões pelos quais não pode se responsabilizar. Conheço a história de um casal que precisou retirar uma biópsia do testículo contendo uma só espermatogônia (célula capaz de gerar espermatozoides). O casal não quis ter embriões excedentes. O risco de ter de se submeter à outra biópsia era grande, mas ambos resolveram confiar no Médico dos Médicos, e o embrião resultante da FIV foi implantado com sucesso logo na primeira tentativa!
Finalmente, é importante lembrar: a FIV não é coberta pelos seguros saúde. O fluxo financeiro gerado por esse tratamento é imenso e explica o lobby em torno das células tronco embrionárias. Essas células, ao contrário das células retiradas da medula óssea de um adulto, têm um potencial muito maior de multiplicação. Esse potencial é difícil de controlar. Em outras palavras, é cancerígeno, fato, obviamente, pouco divulgado. Porém: sem FIV com embriões excedentes, não haveria células tronco embrionárias para pesquisa, não haveria polêmica.
O grande problema é: (novamente) nos metemos onde não fomos chamados. Como vamos arcar com essa responsabilidade? O que vamos responder diante do grande Trono Branco? Deus nos guarde, como raça humana, de sermos assim irresponsáveis e egoístas! Filhos não trazem felicidade (assim como o casamento não faz ninguém feliz). Jesus Cristo é o único capaz de nos preencher, e, através do Espírito Santo, nos fazer verdadeiramente felizes. Essa felicidade independe das circunstâncias e está fundamentada numa paz que não é como a paz dada por este mundo. Vamos olhar para Jesus e buscar os seus propósitos, ao invés dos nossos, e “todo o resto nos será acrescentado”! Ele é fiel e justo para nos perdoar e fazer tudo novo! Ele, o Autor da Vida, cria e transforma, e faz da nossa vida uma fonte de água viva. A Ele toda a glória!
Angelica Boldt: Mãe de três filhos (leia-se “milagres” — o pai é considerado infértil e foi advertido, ainda antes de se casar, que jamais teria filhos por meios “naturais”). Doutora em Genética Humana pela Universidade de Tübingen, Alemanha. Atualmente realizando o pós-doutorado em Imunopatologia Molecular no Departamento de Patologia Médica do Hospital de Clínicas, UFPR, Curitiba.
Artigos relacionados: