Cristão finge ser muçulmano para não ser morto pelo Estado Islâmico

Cristãos refugiados fugiram da Líbia por uma rota perigosa ao atravessar o Mar Mediterrâneo, onde milhares de pessoas morreram tentando escapar, em barcos, da perseguição religiosa. Mas durante a fuga, alguns foram forçados a negar a Cristo diante das ameaças de militantes do Estado Islâmico (EI).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *