Cristãos são discriminados e perseguidos por sua fé no Vietnã

Em março de 2015, sete oficiais do Comitê da Comuna Popular do Vietnã perseguiram duramente Trong*, um cristão de 31 anos, por ele se recusar a dar a seus companheiros da aldeia uma garrafa de vinho e uma galinha para que eles oferecessem em sacrifício a três espíritos de sua aldeia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *