É, parece que o gigante ainda continua dormindo! Por Fernando Macedo

É, apesar de ver muitos declarando seu votos (nada contra), preferi não expor o meu antes das eleições, por perceber que numa analise generalizada de como se valem o povo brasileiro na visão critica-política, eu estaria não contribuindo para aquilo que costumo defender que é a arte de pensar.

O povo “organizado” no poder, é possível ? Por Fernando Macedo

Como somos tão engraçados como os palhaços! Elegemos Tiririca, que semeia votos para outros desconhecidos por legenda, favorecendo outros parlamentares que não receberam votos suficientes do povo para eleição. Aliás Tiririca é o que mais de perto representa o povo como um digno palhaço, que “divertia” os horários eleitorais políticos. Assim é o que ouvíamos ou líamos nas redes sociais.

Duas notícias, duas mortes, uma vida, a sua! Por Fernando Macedo

Hoje pela manhã no caminho ao trabalho, ouvi na rádio band news fm, (ao qual escuto todos os dias), a notícia: O cantor Alexandre Magno Abrão, mais conhecido como Charlie Brown Jr. foi encontrado morto, em casa! A notícia segue ainda: “A Policia técnica está no local e encontrou drogas na cozinha, local onde o corpo foi encontrado”. Acredita-se que tenha sido por overdose, e por mais que esteja cedo para afirmar, muitas coisas, além de seu histórico e eventuais momentos em que não só afirmou usar como foi encontrado muitas outras vezes sob efeito de entorpecentes. Uma perca, quando não para os que não eram fãs, é uma perda para família, é uma perda para vida! É o momento onde deveriam cessar os boatos ofensivos e prestar nosso luto, mas sabemos que principalmente nas redes sociais teremos uma enxurrada de discussões sobre drogas, rebeldia, quem é a favor, quem é contra, céu, inferno etc, etc;

Encurvado, abatido, lamentando todo o dia…Você está assim ?

Encurvado, abatido, lamentando todo o dia…Você está assim ?

Quem poderia acreditar que este salmo é do grande Rei Davi ? Com esta declaração tão angustiante e frustrante ? Muito pior do que a outra declaração recheada de complexos de culpa após o seu pecado com Bate-Seba.

Pois bem, eu quero falar com você que de repente pode encontra-se assim; encurvado (cabeça baixa), muito abatido por algo que lhe tenha acontecido, sem se suportar de tanto lamentar todo o dia.

A questão não é encontrar-se assim, neste estado de angustia, é o que fazer quando encontrar-se assim, neste estado de angustia. O que eu quero com a exposição deste texto é dizê-lo (a) que você não está sozinho nesta! Seja qual for sua posição, seu cargo, seus status social, o que você representa, você é “ser humano”, absolutamente normal encontra-se em momentos assim.

Mas a boa notícia que preciso lhe dar é que nem mesmo quem fez esta declaração tediante continuou assim, não ficou tentando encontrar em seu passado alguma hereditariedade, nem ficou com um complexo de inferioridade permanente em sua alma, não se culpou por inteiro, mesmo que a sua própria família esteja correspondendo com ações que você entende serem necessárias para você! Como se não bastasse ter seus conflitos pessoais de dor e culpa! Ainda teve “amigos” e “inimigos” para trazer juízo sobre você! Não mais reconhecem quem você é, ou no mínimo quem você foi e fez!

O único juízo que importa no ser do indivíduo é o de Deus ! Quem mais outro poderá fazê-lo ? Não seja refém de nada e de ninguém, quem mais poderia fazê-lo sentir-se em paz ! Quem outro poderia te fazer mal senão sua própria consciência ?

Dele em meio a tudo fez três coisas essenciais para sua consciência em Deus;

1- Ele reconhecia que nada diante de Deus era oculto e confessou o seu pecado, sua iniquidade a Deus, assumindo culpa, reconhecendo ela, mas não permanecendo nela v-9. V-18 , sem se fazer de vítima, e assumindo responsabilidades, que te fará mais saudável por consciência ! A quem mais você quer se explicar ? senão aquele quem ao ouvi-lo se arrepender diz que nem Ele te condena!

2- Ele se fez surdo, mudo e cego para as pessoas que o queriam mal, ele não se deixava levar pelas acusações, mas já fez o suficiente, confessou, arcou com as consequências dele, absorveu doenças psicossomáticas, mas encontrou soluções em Deus. A partir daí diz respeito a Deus, e ninguém mais encontrará em você motivo de alegria pela sua dor!

3- Resgatou-se e se pôs em confiança em Deus, deixou-se ser tratado em Deus. V-15, 21, 22. Agraciado pelo poder gracioso de Deus.

Se você se encontra assim, como se tivesse em luto por causa da morte de alguém, mas que na verdade este sentimento de luto é por você mesmo, que se ver sem mais nenhum sentido de vida na sua vida. Ache estranho este texto ter chegado até você e você se encontrar lendo isto! Deus vai ao seu encontro em espírito, como aqui e agora e você o que fará ? Darei um conselho:

Expurgue-se da culpa, e se entregue naquele que lhe sonda e conhece como de fato você é, arrependa-se de ter sem ser, com ajuda do irmão mais velho (Jesus), e na consolação do Espírito Santo! E Ele te socorrerá, te acolherá, te amará, te abraçará hoje e sempre!

Em Cristo, que te abraça sempre, por mais quebrado e sujo que esteja, bastando apenas está vivo!

Fernando Macedo

Como a ti mesmo Por Fernando Macedo

Hoje eu quero falar sobre ajudar o próximo, mas tenho uma leve impressão que você pode está achando que é um outro alguém que está perto de você! Não foi também isso que você pensou ? pois bem, a religião tem uma das mais hibridas intenções de leva-lo a esta visão equivocada de que você pode vestir-se de uma roupa representativa de “bonzinho” e sempre está disposto a ajudar o próximo! Isso é salutar, necessário, real, e até incentivado pelo nosso irmão mais velho (Jesus), mas este mesmo irmão mais velho, deixou algo muito claro que esquecemos de observar e praticar; Ame ao teu próximo, ajude o seu próximo, COMO A TI MESMO!

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes. Marcos 12:31

Se você não se ama, jamais poderá amar alguém, se você não se cuida, jamais poderá cuidar de alguém, se você não reconhecer que precisa de cuidados, jamais poderá também perceber a necessidade dos outros. Portanto arranque esta máscara encorpada de “religião” e tenha um relacionamento de amor consigo mesmo. Cuide-se! Perceba sua alma! Não esconda seus traumas e complexos no cuidado aos outros, expurgue-os, solte-os, libere-os, ainda agora, hoje! Não se permita fazer um velório de si mesmo, antes de morrer!

Mais cedo ou tarde, o fato de não ter dado atenção por justificativas de não “ter tempo”, para cuidar de algo que usávamos como capa, cobertura, que (denominamos: carne, corpo) e que por ser mortal precisava de cuidados, poderá ser tarde demais!

Uma vez que, o que existe dentro (alma) que também carecia de cuidados, foi negligenciado. Sem perceber, você está se matando!

Diante disso, que boa noticia poderia eu lhe dar agora, além da que já foi posta, e que no fundo você sabe qual é ? Jesus em sua graça infinita, quer te alcançar, permita-se ou continue negligenciando!

Cuidado para que na ânsia de conquistar ou ganhar coisas, você não venha ser achado perdendo sua alma!

Lembre que, mais próximo do que o próximo, está o seu coração! E eu pergunto; Como ele está ? Já parou para ouvir ou sentir os sinais que ele emite ? Já experimentou balbuciar uma pequena oração a Deus em nome de Jesus, declarando total dependência de cuidados com seu coração ?
Porque não fazer isso agora, após ler este texto? Sim, faça isso! Uma paz invadirá sua alma! Nenhum de nós por mais que esforçássemos poderíamos acrescentar a alguém o que não temos, pense Nisso!

Beijo neste coração que sempre precisa de cuidados,

Fernando Macedo

…se as vossas riquezas aumentarem, não ponhais nelas o coração” (Salmos 62:10).

“Não confieis na opressão, nem vos vanglorieis na rapina; se as vossas riquezas aumentarem, não ponhais nelas o coração” (Salmos 62:10).

Você Já ouviu alguém pregar este tema ? Talvez sim, mas confesse, que muito pouco né mesmo ? principalmente por se tratar da era do capitalismo tão incisivo na busca desenfreada de conquistar coisas!

O interessante é que o texto não está declarando que seja errado, o que também não deixa de ser outra aberração neste caso dos radicais que são contra a teologia da prosperidade. Na teologia da prosperidade também há seu lado bom, principalmente quando orienta, e persuade de forma coerente e equilibrada a ter o desejo de prosperar e ser canal de benção para si e para os outros.

Sair do estado de miséria, e complexo de inferioridade, possuir o melhor desta terra vivendo em harmonia, paz de espírito sempre abençoando aos que estão ao seu redor para glória de Deus.

Mas daí vir o problema, a questão não é o dinheiro, e sim o amor ao dinheiro. É quando pomos nas riquezas, no dinheiro, o nosso coração de forma que nos deixamos enganar por tantas seduções que ele nos oferece!

Equilibre-se, não permita que por tão pouco (seja este tão pouco) toda a fortuna de Bill Gates, lhe tire a simplicidade de caminhar olhando nos olhos das pessoas, sempre com carinho e amor, genuinamente como todos deveríamos, mas acima de tudo não se esquecendo de Deus, de quem se originou tudo em todos!

“O coração do sábio o inclina para a direita, mas o coração do tolo o inclina para a esquerda.” (Eclesiastes 10:2).

Pense Nisso,

Em Cristo, que tem para nós infinitamente mais do que imaginamos e pensamos!

Fernando Macedo

O servo menor

Feridinhos de Alma Por Fernando Macedo

Durante muito tempo, preocupei-me em não chocar “feridos de alma” tratando-os diferenciadamente, orientava outros a suportar os mais fracos sempre sob alegação de não “ferir a alminha deles” como se tivéssemos que “pisar em ovos”!

Entenda-se que o que chamo de ”estes feridos de alma” como aquele que não aceitam ser tratado e nem curado, e que aprenderam a desenvolver uma “estimação” com o apelido de ferido de alma, que ao invés de fazer uma auto-crítica, e desejar moldar-se justamente com as adversidades da vida não se permitindo achar sempre o coitadinho da história se auto-comiserando.

Com o passar do tempo, com quem eu menos esperava (Deus), descobrir que nesta ordem de preocupação eu não ajudava em nada, pelo contrário, tornava-me cúmplice para continuação de sua doença, almática! “Muitas das vezes no afã de querer agradar pessoas entendendo ser um bem maior, faz necessário refletir sobre a possibilidade de privilegiar um mal disfarçado de bem”!

Lembre-se, não se engane! a verdade corrige, exorta, acoita, dói, disciplina, gera renuncia, requer mudança. Se qualquer instituição que “se esconda atrás de religião”, não gerar renuncia, mudança, arrependimento, transformação, sentimento de imperfeição, amor ao próximo, e genuína adoração a Deus, ela será falsa!

Não deveríamos estranhar, mas a verdade é que o interesse de alguns, é no que você “representa” e não em quem você é, pois e fosse contrário, seus “não’s” não deveriam afasta-los deixando-os feridos e sim atraí-los! A questão é que como disse o apóstolo Paulo, eles sentiriam comichões nos ouvidos, desejosos sempre do agradável aos ouvidos e de interesse comum!

Não confunda, falar verdade com sabedoria, já está ligada ao amor, se assim não for, não é amor, nunca será amor! Uma mensagem, admoestação ou orientação que não esteja essencialmente revestida de Amor e Verdade jamais terá valor!

E se alguém mais vir choramingando dizendo que ouviu ou viu algo que “entristeceu a sua alma e que o deixou ferido por algo que viu ou ouviu, questione-o e redirecione-O sobre a quem Ele esta seguindo, se a Deus ou a homens e quem importa agradar !

Você nunca agradará a todos, por ser justamente quem é, mas se quiser agradar a todos e ser sempre aplaudido e bajulado, darei algumas dicas:

Perca sua identidade, seu caráter, sua personalidade!

Viva uma vida dupla, engane sempre, tenha resposta para tudo sempre agradável (compre uma caixinha de promessas e dê para as pessoas, ela só tem promessas)!

Dormirá mal, com dor numa tal de “consciência” mas terá o carinho de muito mais gente que gosta deste seu jeitinho “disfarçado, descarado e safado” de ser!

Não confronte ninguém com verdades, nem use de sabedoria para reanima-lo, as pessoas querem mesmo é ouvir o que querem e não o que necessita! Se você é líder, então lembre-se:

“Não espere reconhecimento, de nada, por nada, por ninguém, de ninguém. Lembre-se que você nunca agradará a todos, quanto a isso tenha uma única coisa em mente:

Agradar a Deus é fácil! você nunca terá dificuldades para agradar a Deus, eis aí um dos segredos para o sucesso, difícil mesmo é agradar aos homens, eis aí o segredo do fracasso!

Por fim segue alguns versículos que “estranhamente” estão na bíblia!

1 Coríntios 4:14 “Não escrevo estas coisas para vos envergonhar, mas para vos admoestar, como a filhos meus amados.”

Hebreus 12:7 “É para disciplina que sofreis; Deus vos trata como a filhos; pois qual é o filho a quem o pai não corrija?”

Hebreus 12:7 “É para disciplina que sofreis; Deus vos trata como a filhos; pois qual é o filho a quem o pai não corrija?”

Com amor e verdade,

Fernando Macedo

Santidade que separa as pessoas de Deus! Por Fernando Macedo

Prefiro declarar-me fraco e vulnerável diante dos humanos “inumanos” e ser considerado fora dos padrões de moral ética aceitável para autarquia religiosa, compreendendo, acolhendo e aproximando os mais execrados e vis dos seres humanos desejosos de Deus à Deus

Divulgação de Jesus através de redes sociais para alcance de vidas, ajude-me!

Muitas pessoas tem me enviado e-mails, emocionadas com Deus pela forma como tem sido tocada através das mensagens, por isso louvo a Deus por todos que vem me acompanhando nas redes sociais, sejam lendo como também escrevendo artigos no blog e agora no site, lendo escrevendo, e compartilhando edificação na vida de outras pessoas.

No dia do beijo, seja beijado pelas escrituras! Por Fernando Macedo

Era natural beijar alguém, seja homem ou principalmente professor (mestre) ou rabino. (Lucas 22:47-48). Mas este beijo tinha um gosto um tanto que amargo, pois o autor dele (Judas) queria usar para identificar o “beijado” (Jesus)! Havia uma conspiração com os líderes judeus para que Jesus fosse preso e em recompensa a sua traição teria suas 30 moedas de prata (Mateus 26:15 – Mateus 27:3).

A timidez da fé Por Aurelino Cruz

Esta Palavra nos fala de uma situação de perigo iminente, onde os discípulos de Jesus temeram perecer diante da impetuosidade da natureza. Tomados pelo medo despertaram ao Senhor Jesus, que havia adormecido, pedindo-Lhe que os salvassem, porque o barco já estava a ponto de afundar agitado pelos fortes ventos e pelas ondas do mar do Mar da Galiléia.