Pesquisa diz que Jesus Cristo foi crucificado de uma forma mais cruel do que se acredita

Durante séculos, a Igreja representa a crucificação de Cristo com os braços estendidos horizontalmente sobre uma cruz, lembrando o formato da letra “t”. Contudo, pesquisadores liderados por Matteo Borrini, da Universidade inglesa John Moores, tentam provar que a crucificação pode ter sido ainda mais cruel, pois os braços das vítimas eram pregados acima de sua cabeça, formando um “y”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *