Dois pastores presbiterianos podem ser condenados à morte no Sudão

Dois pastores presbiterianos estão enfrentando uma provável pena de morte República do Sudão. O reverendo Yat Michael e o reverendo Peter Yen Reith da Igreja Evangélica Presbiteriana do Sudão do Sul foram acusados de espionagem e blasfêmia, embora a igreja tenha dito que eles estão sendo perseguidos por sua fé cristã, bem como outros pastores no país dominado pelo islamismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *