Cristão egípcio é preso por tentar legalizar sua conversão no país

O primeiro cidadão egípcio que tentou mudar a sua identidade religiosa legal de muçulmano para cristão, Mohammed Hegazy, está preso há um ano, à espera de um veredito sobre as acusações de contravenção, em julgamento que acontecerá em 28 de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *