Atentados contra cristãos e outras minorias religiosas causam pânico na Turquia

O responsável pelo incidente foi Muhammed Sindi, de 25 anos, que alega sofrer de doença mental. Testemunhas contam que ele tentou fugir gritando “Allahu Akbar”, que é o título do hino nacional da República Árabe da Líbia e que, originalmente foi uma marcha egípcia muito popular, e quer dizer “Deus é grande”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *