ONU promove “Dia das Vítimas de Genocídio”, mas deixa cristãos de fora

Nove de dezembro é o Dia Internacional de Homenagem e Dignidade das Vítimas do Crime de Genocídio. Instituído no ano passado pelas Organização das Nações Unidas (ONU), marca a adoção, há 68 anos, da Convenção sobre a Prevenção e a Punição dessa forma de violência. A data tem como objetivo “pedir à comunidade internacional que tome atitudes para combater a intolerância, a xenofobia e a hostilidade”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *