‘Dízimo’ é mandamento para o Cristão?

Ser Hoje em dia ser dizimista (e fiel) é uma obrigação irrevogável na vida dos Cristãos de quase todo o mundo. Este breve artigo pretende demonstrar de modo introdutório, mas deixando espaço para uma ampliação do debate, como o dízimo NÃO é uma ordenação Bíblica para o povo do Novo Testamento e como a Igreja Primitiva NÃO era dizimista.

1 pensou em “‘Dízimo’ é mandamento para o Cristão?

  1. Olá, a paz!

    Gostei muito do artigo! Parabéns para o autor.

    Porquanto, se a “Lei” pendura ainda sob os nossos dias – e querendo eu realizar o dízimo – com que autoridade posso mudar a (Lei do Senhor) e direcioná-lo para um outro lugar sendo que não existe mais o Santo Templo em Jerusalém? Não é algo muito sério mudar a Palavra de Deus?

    E o que pensar quando disse Paulo: “Pois quem guardar os preceitos da Lei, mas faltar em um só ponto, tornar-se-á culpado de toda ela.” (Tiago 2.10)

    Ou melhor, veja: “Todos aqueles, pois, que são das obras da LEI estão debaixo da maldição; porque está escrito: Maldito todo aquele que não permanecer em todas as coisas que estão escritas no livro da LEI, para fazê-las. E é evidente que pela LEI ninguém será justificado diante de Deus, porque o justo viverá da fé.” (Gálatas 3.10-11)

    Então, com razão, Cristo puxou a orelha dos fariseus de plantão que só queriam guardar a LEI “pela metade” em Mateus 23.23.

    E se a ídeia é voltar ao que foi feito por Abrão e Jacó antes da Lei, terão que dar o dízimo de TUDO e ser VOLUNTÁRIO – ainda estou pra ver alguém dar o dizimo de TUDO e seguir a risca esse modelo bíblico dos patriarcas (se é pra seguir o comportamento dos santos no AT – e não o que Cristo deixou – que sigam na totalidade e não seja manipulador estipulado só a parte financeira).

    Ademais, gostaria de convidar o autor e o(s) amigo(s) a ler um TCC acadêmico/teológico sobre o “dízimo” que está postado no site [ http://www.reformaja.org ] no link “arquivos”: A sombra do Templo no Dízimo e na Igreja.

    Também acreditamos que o material produzido faça parte do vosso ambiente de estudo e análise. Por esta razão, leia a pesquisa até o fim se for possível, pois o desenvolvimento do texto é realmente desafiador.

    Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *