Parábola das coisas – O TRAVESSEIRO

Quando a noite chega e a sós com meus pensamentos, lembranças, ideias e reflexões, apenas o travesseiro embala meu sono. Então a pergunta final é inevitável: de pedra ou de pluma, onde tenho reclinado minha cabeça?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *