O túmulo está vazio

Há muitos anos, na véspera da comemoração de uma festa religiosa, foi levado à morte um justo por se auto-denominar o Filho de Deus. Até posso acreditar que sua morte teve conotações político-religiosas, mas o mais importante é que esta história não acaba aqui. Ele está vivo. Este homem é o Cristo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *