Máscaras

Em nosso interior existem tantas coisas que ocultamos, pelo medo de não ser aceito ou de ser julgados, escondemos feridas, fraquezas, medos e deformações.
Guardamos tão bem nossas falhas e debilidades que jamais as deixamos de ter-las dentro de nós, sempre estão lá, esperando a situação perfeita, quando ninguém estiver olhando para se manifestar e transformar em pecado.
Então chegamos no trabalho, em casa e principalmente na igreja e mostramos nosso “eu perfeito” que não é exatamente o que somos de verdade, mas é o “eu” que as pessoas gostam de ver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *