Líder muçulmano sai livre após estuprar e matar filha de 5 anos

O conhecido líder muçulmano Fayhan al-Ghamdi é presença constante em programas televisivos do Oriente Médio falando sobre a fé e os costumes islâmicos. Mas passou a ser notícia na Arábia Saudita após ser preso em novembro passado, acusado de violentar e espancar violentamente sua filha até a morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *