André Valadão lança a campanha no Twiter, #EuSouContraOCasamentoGay

André Valadão lançou uma campanha no Twitter para que os cristãos destaquem sua opinião, mostrando seu posicionamento e não se enfraquecendo com os padrões do mundo.

Evangélica Joelma vocalista da banda Calypso diz ser contra o casamento gay

Joelma, da banda Calypso, diz ser contra casamento gay, Joelma se converteu a religião evangélica há quatro anos, quando sofreu uma

A prática Homossexual !

A BÍBLIA diz que nos últimos tempos, apostatarão alguns da fé, dando ouvido a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios (1 Tm 4.1). Quem concorda ou pratica o homossexualismo; ou é um apostata (abandonou a fé) e segui ensinos de demônios, ou não sabe o que DEUS pensa sobre o homossexualismo.

Juiz barra casamento de gays que vivem juntos há 16 anos

O pedido foi negado pela Justiça do Rio. Na decisão, o juiz Luiz Henrique Marques diz que “seja através de conversão da união estável, seja por intermédio de habilitação direta, a lei não admite casamento entre pessoas do mesmo sexo”.

Por que os gays vão morrer em Insensato Coração ?

seria a questão da homofobia, que não é crime no Brasil. Não existe agravante na Lei por matar uma pessoa por conta de sua orientação sexual. Os autores querem alertar o país para o atraso da nossa legislação.

Mais da metade dos brasileiros são contra união gay, diz Ibope

Mais da metade dos brasileiros são contra união gay, diz Ibope
Uma pesquisa do Ibope Inteligência divulgada nesta quinta-feira mostra que 55% dos brasileiros são contrários à decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que reconheceu a união de casais do mesmo sexo.
Veja os principais resultados da pesquisa

Entrevista do juiz Jeronymo Pedro Villas Boas; ou: Aula para os ministros do STF

O juiz Jeronymo Pedro Villas Boas esteve no centro das atenções do Brasil por causa da polêmica decisão de anular uma união estável entre doi shomens. Segundo ele, a medida foi adotada por causa da falta de previsão constitucional para este tipo de situação. Para o magistrado, o Supremo Tribunal Federal não pode modificar a Constituição, tarefa que cabe ao Poder Legislativo. Admite que, caso a lei seja alterada, pode rever a forma de atuar nessa situação.

Ele provocou polêmica em nível nacional quando decidiu anular a união civil selada por um casal homossexual em Goiânia – a primeira no País, depois que o Supremo Tribunal Federal decidiu sobre a questão. O juiz Jeronymo Pedro Villas Boas garante que não se trata de decisão pessoal ou baseada em princípios religiosos, já que é pastor evangélico e frequenta cultos: “Ato de casamento entre pessoas do mesmo sexo não é apto a gerar família, no conceito natural e constitucional atual. Amanhã, mudando a lei, eu, como juiz, vou me submeter à Constituição”, argumenta. Ele insiste na valorização do Poder Legislativo constituído no Congresso Nacional, nas assembleias legislativas e nas câmaras de vereadores como agentes do debate e da transformação.

Manifesto da Igreja Presbiteriana do Brasil sobre a lei da homofobia (PL 122)

Rev. Roberto Brasileiro, Presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana participou do Programa Verdade e Vida, respondendo questões sobre a polêmica Lei da Homofobia, conhecida como PL 122, que traz discussões sérias dentro das Igrejas cristãs reformadas…