Igreja que virou “obra de arte” recebe críticas

O famoso grafiteiro conhecido como Hense recebeu a oportunidade de “revitalizar” o prédio de uma antiga igreja na área do Distrito 6, em Washington, capital dos EUA.
O artista plástico começou a trabalhar com a ajuda de uma pequena equipe, usando rolos, pincéis, sprays, tintas acrílicas e esmaltes para cobrir cada centímetro da igreja de quase 7 mil metros quadrados. Depois de várias semanas, a cor branca original foi substituída por um conjunto de cores e formas, no que parecia um episódio do programa “Extreme Makeover”.
Mas segundo o Huffington Post, nem todo mundo viu a mudança de maneira positiva. “Há algumas pessoas que pensaram que eu profanei a igreja”, explica o artista. “Embora muitos mudaram de ideia quando eu explicava que era um trabalho que tinha pensamento positivo por trás… eles entendiam”, asseverou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *