Pastor é decapitado em frente a templo

A Missão International Christian Concern, que trabalha com a Igreja Perseguida divulgou que um pastor da Assembleia de Deus na Tanzânia foi morto segunda-feira durante um conflito entre cristãos e extremistas islâmicos. O pastor Mathayo Kachili foi decapitado por uma multidão de extremistas que invadiu a igreja.

Segundo Denis Stephano, comandante da polícia local, as tensões entre muçulmanos e cristãos na cidade de Buseresere, estavam aumentando nos últimos dias.

Testemunhas disseram que os problemas começaram quando alguns cristãos abriram açougues na área. Os líderes muçulmanos exigiram o fechamento imediato desses açougues, mas não foram ouvidos.

Enquanto alguns cristãos entregavam carne numa Assembleia de Deus, foram atacados por uma gangue de jovens muçulmanos “armados com facões, facas e pedaços de madeira” agrediram os cristãos, disse a Christian Concern.

Quatro cristãos são presos em Teerã

Segundo relatos obtidos pelo Comitê de Repórteres de Direitos Humanos, Samimi Shahab, sua esposa Fariba Karim Khani, Farshad Rahimdel e Yaser Mirza Zanjani foram presos na sexta-feira e domingo da semana passada, em Teerã, capital do Irã. Os quatro haviam se convertido ao cristianismo

Ataque em massa de muculmanos contra Cristãos

Os muçulmanos atacaram cristãos na vila de Nazlet Faragallah, na província de Minya sul egípcio, na noite de 07 de agosto.

Dois Novos Cristãos Presos – Irã

Na seqüência do aumento da pressão sobre a comunidade cristã dentro do Irã, as forças de segurança iranianas prenderam e espancaram dois novos convertidos ao cristianismo.