Pastor é decapitado em frente a templo

A Missão International Christian Concern, que trabalha com a Igreja Perseguida divulgou que um pastor da Assembleia de Deus na Tanzânia foi morto segunda-feira durante um conflito entre cristãos e extremistas islâmicos. O pastor Mathayo Kachili foi decapitado por uma multidão de extremistas que invadiu a igreja.

Segundo Denis Stephano, comandante da polícia local, as tensões entre muçulmanos e cristãos na cidade de Buseresere, estavam aumentando nos últimos dias.

Testemunhas disseram que os problemas começaram quando alguns cristãos abriram açougues na área. Os líderes muçulmanos exigiram o fechamento imediato desses açougues, mas não foram ouvidos.

Enquanto alguns cristãos entregavam carne numa Assembleia de Deus, foram atacados por uma gangue de jovens muçulmanos “armados com facões, facas e pedaços de madeira” agrediram os cristãos, disse a Christian Concern.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *