Saudades…

Diz-se que a palavra “saudade” só existe na língua portuguesa. Grande coisa. “Borogodó” também. Ter saudades não é privilégio de falantes da língua de Camões. Em outras línguas, o conceito é expresso por outras palavras. Não há a palavra, mas há o sentimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *