Renuncie a sua Fé e, então, serás livre, disseram autoridades da prisão em Laos ao pastor encarcerado

Um pastor do Laos, preso há seis meses por realizar uma “reunião secreta”, perdeu peso devido às terríveis condições enfrentadas na prisão e está extremamente fraco.

Em 4 de janeiro, a polícia prendeu Wanna e seu colega, Yohan, ambos identificados apenas pelo primeiro nome, juntamente com outros cristãos, na província de Khammouan, no Laos.

Em um comunicado à imprensa – o grupo Human Rights Watch para a Liberdade Religiosa no Laos – as autoridades da prisão disseram diversas vezes aos cristãos que eles poderiam “ser livres” assim que assinassem um documento renunciando à sua fé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *