Princípios de Vida Financeira Eclesiástica

Um texto interessante para meditarmos sobre como uma congregação deve pensar suas finanças está no relato de Jo 12.3-6.Postura de Maria: A postura de Maria é por deveras interessante. Estava ali, aparentemente desperdiçando o dinheiro de um ano de trabalho! Colocando “fora” aquele perfume caro… “A casa encheu-se com a fragrância do perfume”. Maria era uma adoradora. Igreja não é empresa. O que para Judas era um desperdício, foi…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *