Nada de novo sobre “fim do mundo”, ano 1000, o ano do terror

A intenção do título acima é de mencionar um fato triste da história do cristianismo, que se adequa ao nosso tempo, tendo em vista mais uma frustrada tentativa de teóricos de marcar uma data especulativa sobre o fim do mundo, baseados no calendário Maia. Não há nada de novo em previsões do fim de mundo, outras já foram feitas, mas tudo especulações e teorias infundadas, e uma delas foi à do ano 1000 o “ano do terror”, onde o cristianismo já vivia um período de trevas, pois a igreja da época encontrava-se corrompida, e com as infundadas especulações, criou-se um pânico generalizado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *