Profetas que se acham acima do bem e do mal.

Por Renato Vargens
Há pouco ouvi um relato de uma irmã  que ao dirigir-se a um senhor chamou-lhe de irmão. Para surpresa dela, o homem de modo sisudo respondeu firmemente dizendo: Irmão não. Pastor. Por favor me chame de pastor.
Pois é,  lamentavelmente alguns dos líderes evangélicos tupiniquins tem demonstrado ao longo dos anos uma enorme fome por titulos esclesiásticos. Se não bastasse

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *