O cachorrinho maltratado e o comportamento da Igreja

Tenho pensado nos ultimos dias a respeito da igreja… Tanta modernidade acontecendo, os cultos tantas vezes parecem shows, aqueles que se dizem adoradores mais parecem animadores de torcidas levando o povo ao delírio com gritarias e uma agitação que se confunde com adoração.
Alguns cantores parecem que viraram o bezerro de ouro dessa geração, gostam da glória, gostam dos aplausos e se esquecem do seu papel. Estão preocupados em agradar, em atrair as multidões com canções tantas vezes vazias de verdade e apenas com letras que elevam o ego e nos faz acreditar em um Deus que está disposto a fazer o que eu quero na hora que eu quero.
Os púlpitos se tornaram um leilão de milagres… Pastores comprometidos em dizer o que o povo quer ouvir, comprometidos com um evangelho barato e uma teologia da receita, tome isso, faça aquilo, dê isso…

1 pensou em “O cachorrinho maltratado e o comportamento da Igreja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *