A ORIGEM DO MAU

Qual a origem do MAU ?

Deus criou o MAU ?

O que é o MAU ?

Por que o Diabo e os Demônios não se arrependem ?

Estas questões que são motivo de discussões em todos os níveis da Teologia, Sociologia, além da Religião, são motivo de reflexões a seguir;
TEOLOGICAMENTE, qual a diferença entre o MAU (com U ), e o MAL ( com L ) ?

O MAU ( com U ) é eterno na sua “essência” espiritual, e contrário ao BOM ( DEUS ) – só existe um BOM ( Lucas 18: 19 );
“ESSÊNCIA” como forma literal para caracterizar humanamente a existência espiritual;
O MAL ( com L ) por ação e influência na Humanidade, é a conseqüência e manifestação do MAU ( MALÍGNO );
O Bem é a conseqüência e manifestação do BOM ( SANTO ), na Humanidade
Deus não criou o Mau. O MAU existe, transcendentalmente, na Eternidade, isto é, o MAU é eterno, assim como o BOM é eterno;

A maior prova de que Deus não criou o MAU está nas afirmações de João 1: 3 e Romanos 11: 36 :
João 1: 3
3 – Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.
Romanos 11: 36
36 – Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.

Desta forma podemos concluir que o Mau não é dEle, nem por Ele e nem para Ele – BOM;

Partindo destas premissas, de que todas as coisas emanaram de Deus, e como Deus é Puro, Perfeito, Santo e o único BOM ( Lucas 18: 19 ), logo, o MAU não pode ter origem em Deus.

Se o MAU não saiu de Deus, então está caracterizado um DUALISMO de “natureza” transcendental, de origem Eterna e oposta ao BOM

A Bíblia afirma que só DEUS é essencialmente BOM e Perfeito – SANTO :
Lucas 18: 19 – Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom, senão um, que é Deus.
Mateus 5: 48 -Sede vós pois perfeitos, como é perfeito o vosso Pai que está nos céus.
1ª Pedro 1: 16 – Sede Santo, porque Eu sou Santo

Uma ideia sobre “A ORIGEM DO MAU

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>