Para quem iremos?

Vamos observar com mais cuidado aqueles que não o abandonaram; os que, mesmo diante da dureza das palavras de Cristo, ainda preferiram ficam com ele. E note mais: o que já era duro, piorou. Diante dos poucos que restavam ali, Jesus adicionou uma inevitável necessidade de confirmação: Vocês também não querem ir? (no verso 67). Ao que Pedro respondeu devolvendo com um questionamento quase retórico: Senhor, para quem iremos? (no verso 68).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *